Gente de Gaza

Página inicial > Contexto > Os nativos de Gaza, esperança

Os nativos de Gaza, esperança

quarta-feira 30 de setembro de 2015

Todas as versões desta matéria: [عربي] [Deutsch] [English] [Español] [français] [עברית] [italiano] [Nederlands] [Português do Brasil] [Türkçe]

A filmagem foi feita em Gaza no principio de 2013, em um périodo de clemencia para a população, cinco semanas após os 12 dias de agressão em novembro de 2012.
Os nativos de Gaza estavam orgulhosos de terem resistido corajosamente e sobretudo coletivamente.
Os tuneiss, de intensa atividade, que os ligam ao Egito trazem materiais de construção e alimentos de todos os genêros.

Depois, o bloqueio é endurecido e os tuneis são destruido e a agressão terrivel de agosto de 2014 deixa os nativos de Gaza em uma situação dramática.
Diversas pessoas que intervêem no filme viram suas casas serem destruídas ou danificadas, conhecidos morrerem ou serem feridos.

Apesar de tudo, eles mantinham a cabeça erguida.
Esta determinação e força que já nos havia impressionado no momento de nossos encontreos em janeiro de 2013.

Este filme é concebido para que você possa sentir um pouco do que vivem os habitants de Gaza no cotidiano e entender profundamente as suas palavras de vida e de respeito dos direitos humanos sem os quais a paz não é possível.
São valores forte, extremamente necessários de serem compartilhados na desordem do nosso mundo atual. Estamos todos diretamente envolvidos.